Gemini
10357944_564659023650963_1237948003_n.jpg?oh=be30e19c565317e291428b8549a5e36c&oe=53815760&__gda__=1401009280_43d05a94749b1aad6ad0db79b0a41f0e

A constelação de Gémeos (Gemini) pode identificar-se facilmente a partir das suas duas estrelas mais brilhantes: Castor e Pollux. Estas duas estrelas representam, de acordo com a mitologia grega, as cabeças dos dois gémeos. Para localizar Castor e Pollux no céu noturno pode tomar-se como referência a constelação de Orion.

Castor (alfa-Gem) - Surge ao olho nu como uma estrela de magnitude aparente 1.6. A observação com pequenos telescópios revela a existência de duas estrelas: Castor A de magnitude 1.9 e Castor B de magnitude 2.9. Estas duas estrelas azul-brancas orbitam uma em torno da outra em cada 420 anos. Mais difícil de observar é Castor C. Esta terceira estrela do sistema tem magnitude 9 e é uma anã vermelha. Curioso é que cada uma destas três estrelas é na realidade um sistema binário de estrelas. Estes binários não podem ser observados diretamente nem mesmo com os mais potentes telescópios dada a proximidade entre as estrelas que os constituem. A descoberta e estudo de binários como estes é apenas possível a partir de estudos espectroscópicos. Em resumo: Castor é um sistema de 6 estrelas ligadas entre si pela ação da gravidade.

Pollux (beta-Gem) - É uma estrela gigante de cor alaranjada com magnitude 1.1.

Mekbuda (zeta-Gem) - Estrela variável do tipo Cefeide cuja magnitude varia numa amplitude de 0.4 em cada 10.2 dias.

Tejat Prior (eta-Gem) - É uma gigante vermelha variável (semi)regular cuja magnitude varia entre 3.3 e 3.9 em cada 230 dias. Esta estrela tem uma companheira de magnitude 8.8 apenas acessível a telescópios com aberturas superiores a 15 cm.

O enxame aberto M35 (NGC 2168) comporta cerca de 200 estrelas espalhadas por uma região com o tamanho aproximado da Lua Cheia. Com a ajuda de binóculos este enxame pode ser visto como uma pequena mancha envolta em neblina. Pequenos telescópios devem mostrar estrelas de magnitude 8. Este enxame, cuja magnitude aparente é de 5, está a 2800 AL de distância.

Ainda na constelação de Gêmeos pode observar-se o planeta Júpiter. Ao contrário do que acontece com as estrelas os planetas do sistema solar estão de tal maneira próximos que o seu movimento próprio é facilmente observável.

Obg: Você é pertencente a constelação de gêmeos se tiver nascido entre o dia 22 de junho e o dia 23 de julho

Fonte: http://www3.uma.pt/Investigacao/Astro/Astronomia/Observ_mes/Mar2002/gemini.htm
http//educacao.umcomo.com.br/articulo/como-saber-o-meu-signo-do-zodiaco-1308.html