A Galáxia do Sombreiro registrada pelo gigantesco telescópio Hale
m104_hale200_960.jpg

O que está acontecendo no centro dessa galáxia espiral? Denominada de Galáxia do Sombreiro devido à sua semelhança com o chapéu mexicano, a M104 apresenta uma proeminente linha de poeira e um brilhante halo de estrelas e de aglomerados globulares. Entre as razões pela qual a galáxia acima se assemelha a um Sombreiro incluem um bulbo central de estrelas incomumente grande e extenso, e proeminentes linhas de poeira escuras que aparecem no disco que nós, da Terra, observamos quase que totalmente de lado. Bilhões de estrelas velhas causam o brilho difuso do bulbo central extenso visível nessa imagem acima feita pelo telescópio de 200 polegadas Hale. Uma análise mais detalhada do bulbo central mostra muitos pontos de luz que são na verdade aglomerados globulares de estrelas. Os espetaculares anéis de poeira da M104 abrigam muitas estrelas mais jovens e mais brilhantes, e mostram intrigantes detalhes que os astrônomos ainda não entendem completamente. A parte bem central do Sombreiro brilha por todo espectro eletromagnético, e acredita-se que ali resida um gigantesco buraco negro. A luz de cinquenta milhões de anos da Galáxia do Sombreiro pode ser vista com um pequeno telescópio quando apontado na direção da constelação de Virgo.